Ir para o conteúdo

Buscar
Generic filters

(11) 5078-5506

Início » Blog » Guia da Luminária de LED

Guia da Luminária de LED

Este guia prático vai ajudar você a se tornar um expert na escolha da melhor Luminária de LED para sua empresa.

Vamos abordar alguns conceitos básicos sobre a mais nova tecnologia que revolucionou o mercado de iluminação quando falamos de eficiência, durabilidade e manutenção de luminárias.

Sumário

  1. Conceitos de iluminação
  2. Vantagens do LED
  3. Tipos de Luminárias de LED

Veja nossos modelos de Luminárias LEDClique aqui!

1. CONCEITOS DE ILUMINAÇÃO

Termos importantes e seus significados

Tensão Elétrica (V)

É a quantidade de energia elétrica distribuída para movimentação de carga entre dois pontos. Neste caso, para acender a luminária de LED

Unidade de Medida: V (volts)

Importante saber: Antes de instalar a luminária de LED, verifique se a tensão elétrica é compatível com a rede elétrica onde a mesma será instalada.

No Brasil, existem regiões com diferentes tensões elétricas. O estado de São Paulo, por exemplo:

  • Residencial: 230V/220V e 127V/115V.
  • Industrial: Rede Trifásica 220V/380V.
Tensão Elétrica (V)

Potência Elétrica (W)

É a quantidade de energia consumida pela luminária de LED em um período, sendo representada pela unidade de medida W (watts).

É importante saber que quanto maior a potência elétrica da luminária, maior será o seu consumo de energia elétrica.

Nem sempre a luminária LED com maior potência iluminará mais o ambiente, é necessário consultar a eficácia, pois luminárias com maiores eficácias tem o melhor aproveitamento de energia.

Fator de Potência (FP)

O fator de potência indica a eficiência do uso da energia, portanto demonstra se a Luminária de LED está consumindo energia de forma correta. A luminária será mais eficiente quando o fator de potência for igual ou maior a “0,92”.

Fluxo Luminoso (lm)

É a intensidade de luz emitida pela luminária de LED, sendo representada pela unidade de medida ”lm” (lúmens).

Eficácia Luminosa (lm/W)

É a relação entre o fluxo luminoso e a potência consumida

Através da eficácia luminosa você consegue medir se a sua luminária de LED está iluminando mais o ambiente e consumindo menos energia elétrica.

Para calcular a “Eficácia Luminosa” é fácil:

Iluminância (lux)

É a quantidade de luz que ilumina o ambiente, sendo a sua unidade de medida lx (lux).

Para saber a iluminância ideal para seu ambiente, a norma de iluminação (ABNT NBR ISO/CIE 8995-1:2013) recomenda o nível de lx (lux) adequado para cada tipo de ambiente, como:

Distorção Harmônica Total (THD)

O THD é uma métrica para a qualidade da energia elétrica medido em percentual (%).

É importante saber que uma luminária de LED com o THD alto aumenta o risco de problemas na rede elétrica.

Temperatura de Cor Correlata (TCC)

A Temperatura de Cor (TCC) é a aparência da cor da luz emitida pela luminária LED, sendo a sua unidade de medida representada pelo K (Kelvin).

A norma de iluminação (ABNT NBR ISO/CIE 8995-1:2013) classifica as temperaturas de cor da seguinte forma:

  • ≤ 3000K: Branco quente. Tonalidade de luz branca amarelada ideal para ambientes residenciais.
  • 4000K a 5000K: Branco neutro. Tonalidade de luz branca, ideal para escritório, industrias e áreas esportivas.
  • ≥ 6000K: Branco frio. Tonalidade azulada, indicadas para ambientes ativos como hospitais.

Índice de Reprodução de Cor (IRC)

O Índice de Reprodução de Cor (IRC) é utilizada para medir a fidelidade da cor que a iluminação reproduz nos objetos.

Luminárias de LED com IRC de 80 a 100 reproduzem melhores cores no ambiente.

Grau de Proteção (IP)

É o grau de proteção de um produto contra objetos e líquidos e sua medida é representada pelo número IP (Ingress Protection Rate).

Exemplo: uma luminária com proteção IP20 não é indicada para áreas externas pois não é protegida contra poeira e líquidos, ao contrário de uma luminária IP66 indicada para ambientes externos.

Grau de Proteção IP

Guia da Luminária de LED em PDF

2. VANTAGENS DO LED

Economia no Consumo de Energia Elétrica

Luminárias de LED são até 5 vezes mais econômicas.

Veja o exemplo comparativo de consumo energético entre uma luminária High Bay LED e as lâmpadas de vapor de sódio, vapor de mercúrio e vapor metálico.

Durabilidade

As luminárias LED possuem 12 anos de vida útil, baseado no uso de 10 horas por dia.

Veja o comparativo de durabilidade do LED vs vapor de sódio, vapor de mercúrio e vapor metálico.

Melhor Fluxo Luminoso

A Luminária LED é desenvolvida para o melhor aproveitamento do fluxo luminoso, ou seja não tem perdas pois o fluxo é totalmente projetado para o ambiente.

Já uma lâmpada tradicional emite luz para todos os lados, parte do fluxo luminoso é perdido por ser projetado para a área interna da luminária e não para o ambiente, como no exemplo abaixo:

Totalmente Sustentável

Livre de metais pesados. Não contém mercúrio: perigoso a saúde e ao meio ambiente e diminuem a emissão de carbono.

Inofensivo ao Ser Humano

A luz LED não emite raios UV, não atrai insetos, preserva os alimentos, não desbota os objetos, como embalagens e roupas, por exemplo e não gera calor no facho de luz.

Baixe o Catálogo de Luminárias LED

3. TIPOS DE LUMINÁRIAS DE LED

Existem muitos tipos de luminárias de LED de acordo com as características do ambiente. Vamos destacar os principais tipos:

Luminária de Parede | Aplicação Lateral

São as Luminárias de LED indicadas para ambientes em que a instalação elétrica é feita na posição lateral, como em postes e paredes laterais da construção. Geralmente os ambientes são galpões, pátios, estacionamentos descobertos, ginásios esportivos ou fachadas, entre outros.

Veja alguns exemplos:

Luminária de Embutir

A Luminária LED de embutir é indicada especialmente para instalação em forros, ficando mais harmônica com o ambiente e de aparência mais discreta. Utilizada principalmente em instalações comerciais e residenciais. Exemplos:

 

Luminária para Área Externa

A luminária externa é resistente as mudanças de tempo e indicada para áreas descobertas em geral, como:

A instalação de luminárias LED externas é realizada a partir de 3 metros de altura podendo chegar a 35 metros no caso dos super postes ou pátios logísticos, por exemplo.

Luminária de Teto | Áreas Internas

São as luminárias LED utilizadas para instalação no teto para diversos tipos de ambientes.

As Luminárias de teto se dividem em três outros grupos de acordo com a altura da instalação, sendo elas:

HIGH BAY

A Luminária High Bay é indicada para ambientes industriais, aplicação em centros de distribuição e armazenagem, áreas logísticas, galpões, ginásios esportivos, quadras e campos cobertos.

A instalação da luminária LED High Bay é recomendada em altura entre 8 e 12m.

MID BAY

São Luminárias de LED indicadas para ambientes comerciais e industriais de média altura como supermercadospostos de combustívelcondomíniosescolashotéis, garagens e estacionamentos.

A instalação de luminárias LED do tipo Mid Bay é recomendada entre 4 e 8m de altura.

LOW BAY

São luminárias indicadas para ambientes comerciais em menores alturas como lojas, escritórios, restaurantes e lojas de conveniência.

A instalação de luminárias LED do tipo Low Bay é recomendada entre 3 e 4m de altura. Exemplos:

Downlight LED no Condomínio

Downlight LED

 

Precisa de ajuda para escolher sua Luminária de LED?

Compartilhe

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail